Enfilade

Symposium | Portuguese and Italian Relations

Posted in conferences (to attend) by Editor on September 20, 2014

Programme from the Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar:

Portugal e os territórios italianos (séculos XVI–XVIII)
The Centre for Overseas History (CHAM), Lisbon, 22 September 2014

FlyerEste Workshop tem como objectivo propor- cionar uma visão global das relações políticas, económicas, sociais, artísticas e culturais do relacionamento entre Portugal e a península italiana na Idade Moderna. As linhas de força do encontro são sinteti- zadas pela imagem do coche, escolhida como “símbolo dinâmico” do conjunto de abordagens transnacionais desenvolvidas e apresentadas neste workshop.

P R O G R A M A

9:00  Boas-vindas

9:15  Mario Spedicato (Facoltá di Lettere e Filosofia, Università del Salento), Napoli e la Penisola Iberica nei recenti studi di Storia Sociale e Religiosa

10:00 A Comunidade Portuguesa em Roma
• Antonio J. Díaz Rodríguez, (CIDEHUS-UÉ), Os agentes de Portugal em Roma durante a dinastia filipina
• James Nelson Novoa (CESAB/CLEPUL, UL), A nação na Cidade Eterna: cristãos-novos portugueses em Roma, 1542–1590

10:40  Pausa-café

11:00  A Monarquia Portuguesa e os Estados Italianos: Entre o Comércio e a Política
• Francisco Zamora Rodríguez (CHAM, FCSH/ NOVA-UAc), Pedro de Silva Enriques, a Companhia Geral do Comércio do Brasil e a posição de Portugal em Itália
• David Martín Marcos (Universidad Nacional de Educación a Distancia), Estratégias matrimoniais e diplomacia entre Portugal e os estados italianos: o caso de D. Isabel Luísa Josefa, Princesa da Beira (1669–1690)
• Sara Pereira (ISCTE/IUL), A Partilha de Informação Política e Cultural entre Nápoles e Lisboa na segunda metade de Setecentos: dinâmica diplomática

12:00  Arte e Cultura entre Itália e Portugal
• Pilar Diez del Corral Corredoira (IHA, FCSH/ NOVA), La política artística de João V (1689–1750) en el marco de las relaciones diplomáticas con la Santa Sede
• Paola Nestola (CHSC-UC), Linhas de Erudição ou Itinerários do Olhar? Listas dominicanas barrocas entre Lisboa e Península Itálica

◊  ◊  ◊  ◊  ◊

About the Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar:

The Centre for Overseas History (CHAM) is an inter-universitary research unit of the Faculty of Social and Human Sciences, of the New University of Lisbon and of Azores University, financed by Portuguese Foundation for Science and Technology. CHAM develops research related to the History of the Discoveries and the Portuguese Expansion, as well as the Portuguese presence around the world, with a special focus in the period between the origins of the Overseas Expansion and the Independence of Brazil (1822), with an interdisciplinary perspective and incorporating comparative history, paying particular attention to the history of the regions with which Portugal maintained contacts.

Study Day | Rome, Naples, Paris, Lisbon: Musical Practices

Posted in conferences (to attend) by Editor on September 20, 2014

From the conference programme:

Roma, Nápoles, Paris, Lisboa: artistas, estilos e repertórios em trânsito ao longo do século XVIII
Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisbon, 7 October 2014

ImageGrupo de Investigação ESTUDOS HISTÓRICOS E CULTURAIS EM MÚSICA do INET-MD/FCSH-UNL

P R O G R A M A

10:00  ROMA COMO MODELO
(Moderador: Rui Vieira Nery)
• Pilar Diez del Corral: “Para nos ter Roma inveja”: artistas ibéricos e o paradigma romano em confronto
• Cristina Fernandes: Lázaro Leitão Aranha (1678–1767), secretário régio da Embaixada do Marquês de Fontes e Principal da Patriarcal: um agente na circulação de modelos culturais e musicais entre Roma e Lisboa

11:00  Coffee Break

11:30  PERCURSOS ARTÍSTICOS E PROFISSIONAIS
(Moderadora: Cristina Fernandes)
• Vanda de Sá: Irmandade da Gloriosa Virgem e Mártir Santa Cecília dos Professores da Arte da Música da Corte de Lisboa – Implementação local na segunda metade do século XVIII: os casos de Évora e Porto
• Fernando Miguel Jalôto: ‘D. Antonio Tedeschi, Virtuoso della Cappella Reale’: 37 anos ao serviço de Sua Majestade Fidelíssima
• Diana Vinagre: João Baptista André Avondano/Jean-Pierre Duport: a ligação improvável à escola francesa de violoncello

13:00  Almoço

14:30  REPERTÓRIOS E PRÁTICAS MUSICAIS
(Moderadora: Vanda de Sá)
• Rui Vieira Nery: Do “som tremendo” aos “minuetes saltitantes”: o órgão litúrgico português na visão dos viajantes estrangeiros
• Cristiana Spadaro: A realização do baixo contínuo nos Motetes de Giovanni Giorgi destinados à Patriarcal de Lisboa
• Pedro Castro: A problemática de classificação das serenatas no tempo de D. Maria I: exemplos ibéricos e italianos
• Maria João Albuquerque: A circulação de edições de música parisienses em Lisboa nos finais do séc. XVIII

16:30  Coffee Break

17:00  MOMENTO MUSICAL
(precedido de breve apresentação da Linha Temática do INET-MD “Abordagens Históricas à Performance Musical”, a funcionar a partir de 2015)
• Anónimo Português? (século XVIII)
Obras para instrumento melódico e baixo contínuo em Sol menor / Sonata: [Adagio] & [Allegro] – Minuet
Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, MM63
• José António Carlos de Seixas (1704–1742)
Sonata para cravo nº 19-7 em Lá Maior / Allegretto – Adagio – Allegro
Biblioteca Nacional de Portugal, MM338
• Jean-Pierre Duport (1741–1818)
Sonata para violoncelo e baixo op.2 n.º1 em Fá Maior / Allegro – Andante – Allegretto
Paris, 1772
•  Juan Bautista Plà (fl. 1747–73) ou José Plà (1728–1762)
Sonata para oboe e baixo contínuo em Dó menor / Allegretto – Andante – Allegro assai
Kungliga Musikaliska Akademiens Bibliotek – Estocolmo

Pedro Castro, oboé barroco; Diana Vinagre, violoncelo barroco; Fernando Miguel Jalôto, cravo